Site Seguro

SimulacroIntermarche13Abr2018 37

Os Bombeiros Voluntários de Vila Nova da Barquinha realizaram em 13 de Abril de 2018, nas instalações do Intermarché do Concelho, um simulacro de incêndio. O cenário incluiu um incêndio na cozinha enquanto vários clientes efectuavam as suas compras (substituídos por colaboradores) e a informação de existência de um menino desaparecido. 
Este simulacro destinou-se primeiramente a colocar em prática as medidas de auto-protecção desta superfície comercial e a treinar os colaboradores do Intermarché nas suas funções de intervenção imediata. Para atingir este desiderato foram observados os sistemas de alarme, os itinerários de evacuação, a sinalética e demais procedimentos de emergência.
O cenário criado, permitiu realizar simultaneamente o treino dos Bombeiros e dos colaboradores numa área em que as actuações reais são pouco frequentes mas quase sempre de difícil resolução. O comando procurou verificar a eficácia do Corpo de BV, nomeadamente, os tempos de resposta, a acção das equipas e as condições de operação dos materiais e equipamentos utilizados. 
Dado o alerta, deslocaram-se sequencialmente para o Interrmarché, nas diversas fases da acção, os seguintes meios:
Um veiculo VSAT com capacidade para 1ª intervenção e um veiculo VTTU também equipado para 1ª intervenção urbana (meios disponíveis) que foram acompanhados por duas Ambulâncias de Socorro e respectivas guarnições;
Um veículo de combate e o veículo-tanque de grande capacidade (após a primeira análise da situação no local);
Quatro ambulâncias de diferentes tipologias destinadas a evacuação de clientes e um VCOT com elemento de comando.
No exercício estiveram envolvidos 38 operacionais, 10 veículos, uma equipa do Posto Territorial da GNR de Vila Nova da Barquinha com um veículo e 2 elementos, tendo estes sido determinantes no fecho de trânsito e desvio do mesmo para que a situação fosse o mais perto possível da realidade. Participou ainda a ANPC através do CDOS de Santarém, efectuando as comunicação das acções e de despacho de meios do Corpo BBV em tempo real.
Estiveram presentes como observadores, elementos da direcção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários e os elementos da recruta em curso que visionaram como se desenrola um incêndio estrutural.


Pin It